Demo Site

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Família, família...

Hoje falarei sobre duas pessoas que provavelmente não vão nem ver isso. Mas isso não tem problema. O que importa que que são as duas pessoas mais importantes na minha vida. Ah! como esses adolescentes são imaturos, sei disso pois já passei por essa fase. Como é que nos damos ao desfrute de colocarmos alguém acima dos nossos pais? Não, mas quando somos jovens queremos ter liberdade, queremos ser donos do nosso próprio nariz, e com isso nos esquecemos dessas pessoas que fizeram simplesmente a coisa mais importante para estarmos aqui hoje, nos colocaram no mundo. Essa liberdade que buscamos, muitas vezes acaba nos deixando presos à sentimentos, amizades e quando não, a coisas muito piores. E mesmo quando nos afastamos desse “porto seguro” e caímos, basta um simples olhar, que esses anjos de Deus na terra correm em nosso auxílio.

 

Mas, ainda bem que essa fase passa. Hoje muito mais consciente que sou, agradeço aos meus pais por todo o apoio que tive em meus diversos momentos difíceis. Sei que eles não são perfeitos, por essa razão que em alguns momentos acabei por não aceitar algumas opiniões, logo, também não sou perfeito. Por essa razão é que somos uma família, nos amamos, e brigamos pois nos queremos bem.

 

No ano passado, no auge da minha fase ruim, pensei em morar só. Como sempre queria liberdade. Mas descobri que liberdade não é estar só. Liberdade é algo interior, que não tem nada com morar só ou com a família.

 

Hoje estou ótimo comigo mesmo, e com isso com minha família. E morar só? isso não passa pela minha cabeça mais. Não abro mão de continuar morando com essas duas pessoas que me amam e que mesmo com suas limitações, fazem de tudo para me ver feliz. Então, o que quero é poder retribuir.

 

O dia dos pais foi fantástico, mesmo não tendo todo o tempo que pretendia, levei meu “velho” para almoçar no Outback. Era visível a alegria estampada em seu rosto, não só ele, mas minha mãe também adorou, logo, adorei o almoço. Quero fazer mais isso. Quero estar mais com eles, estar mais presente. Hoje estou de folga e iremos sair de novo, o convite foi feito e aceito.

 

A vida é tão curta para nos apegarmos aos problemas, e nos esquecermos de aproveitar as coisas boas. Hoje eu quero viver as coisas boas da minha vida, e isso inclui minha família.

 

Pai, mãe, eu amo vocês......

 

DiarioNadaDiário 002 DiarioNadaDiário 001 DiarioNadaDiário 003

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Fim das férias e notícias novas...

Férias? Isso sim, me dei férias no mês de julho.

 

Não teve motivo certo para isso, apenas fiquei afastado quase que 100% de toda a rede. Primeiro por que passamos por uma enorme obra aqui em casa, depois para o casamento L&M, minha casa estava comparada a um albergue, contando os quatro da casa, éramos 25. Ninguém tinha espaço para nada, mas entre mortos e feridos, salvaram-se todos. rsrsrs.

 

Nesse pequeno tempo muita coisa aconteceu. E o melhor, coisas boas...

 

O casamento foi maravilhoso, os nubentes encantaram todos os presentes com um lindo espetáculo, eles pensaram em tudo, em todos os detalhes. Essa minha cunhada é fantástica. O Michel não tirou a cara de bobo do rosto por um minuto... Padrinhos e madrinhas emocionados, e os pais nem se fala... Para completar os metidos ainda foram para o Chile. Pode uma coisa dessas? Mas o importante é saber que eles estão indo cada dia melhor, estão se dedicando a experiência da convivência mútua do casamento. E eu desejo sempre o melhor para esse lindo casal que amo.

 

Bom, me formei, e até fiz a colação, mas como eu já informei o casal L&M não estavam presentes, preferiram ir brincar na neve do Chile, eu ainda pensei em oferecer para eles umas grades de gelo para ficarem, mas acredito que eles não aceitariam. Mas mesmo assim fiz minha colação, fiz mais pela minha mãe e pelo meu pai, que ficaram Ultra-Mega-Hiper-Super Emocionados. Também no sábado um filho casa, na terça o outro forma... Mamãe não agüenta. rs. Agora já escolhi até minha pós, mas sobre isso falarei depois...

 

Trabalho. para muitos isso nem é assunto para se comentar de forma alegre, mas no meu caso é. O trabalho para mim não é encarado como uma coisa ruim, pois senti muita falta quando fiquei dois meses servindo de estatística (Não é Michel? rsrs). No meio de maio, meu grande irmão de coração Gabriel (grande não só na consideração e respeito, mas também na estatura) me fez um convite para tentar uma vaga onde ele trabalha. Aos primeiros olhos não tinha nada a ver comigo, mas aceitei o convite, pois quem não é visto não é lembrado. Em 01-jun-10 iniciei meu treinamento de atendente de restaurante no Outback Iguatemi Brasília, cargo lá conhecido como “waiter”. No início foi duro. Duas semanas ralando para aprender tudo sobre uma área completamente nova. Mas com o apoio de alguns novos grandes amigos tudo foi superado. Depois do treinamento, prova e a colocação no seleto grupo de waiters do Outback. Depois disso, a experiência foi sendo ampliada e passei a gostar mais a cada dia. Mas nem tudo foram flores, tiveram muitas puxadas de orelha, broncas e orientações, e graças a tudo isso meu trabalho foi visto e reconhecido. Sexta feita, 06-ago-10 em uma reunião com todos os funcionários do restaurante (deveriam estar todos), foi instituído o primeiro grupo de treinadores certificados do Outback Iguatemi Brasília (AUSSIE ALL STARS), e para minha surpresa, e de tantos outros, quem estava no grupo? EU. Fiquei feliz por ver que mesmo sendo novo na área, consegui fazer um trabalho que foi reconhecido por meus gerentes e também por meus companheiro de trabalho, já que muitos desses me indicaram para a promoção. Agradeço à todos pela oportunidade, e me comprometo a melhorar a cada dia, mantendo a essência que me colocou onde estou.

 

Bom, para um post estou delongando muito, mas agora já atualizei as informações e não percam as próximas páginas desse meu Diário Nada Diário, que nada mais é que minha vida… hehehe.

 

Abraços.

 

Rafael Costa.

Bacharel em Relações Internacionais e Aussie All Stars Outback Iguatemi Brasília.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Bacharel

Oh título difícil. Foi uma luta para conseguir esse título de Bacharel em Relações Internacionais, um ano a mais na faculdade, duas matérias extras, e muita vontade de que acabasse logo. E acabou. Ontem, terça feira 22 de junho de 2010, fiz a apresentação do último trabalho, da última matéria do último semestre, ufa, o ÚLTIMO! Não que eu estivesse preocupado, pois já estava com 8,0 pontos no primeiro bimestre, mas no segundo bimestre foram uma prova e o trabalho de ontem. Estava sim, apreensivo, pois como a professora só informaria as notas da prova após as apresentações dos trabalhos, por motivos óbvios, tive que esperar até o fim da aula. (muita gente, como eu, precisavam de no máximo 4,0 pontos, e a prova valia 5,0 pontos. Então quem tirasse 4,0 ou mais não iria querer apresentar...)

Mas deu tudo certo. Nota ótima na prova e uma apresentação tranquila. Não fiquei sabendo da nota do trabalho, mas somente com a nota da prova já pude respirar aliviado, minha graduação graças à Deus chega ao fim.

Agora é ficar atento para as próximas datas, para assinatura da ata de formatura, e para a festa...

 

Agora é analisar as oportunidades e seguir para a segunda graduação ou partir para o mestrado.

 

Rafael Costa

Bacharel em Relações Internacionais.

terça-feira, 15 de junho de 2010

Em clima de Copa do Mundo

CBF

A cada quatro anos todos nos reunimos e torcemos para um mesmo time, torcemos por um mesmo objetivo. Estamos nesse ano, estamos no mês da Copa. É bonito ver a animação de todos os africanos, não somente dos sul-africanos. O espetáculo está bonito. Não estou conseguindo acompanhar todos os jogos como gostaria, mas estou fazendo o possível para acompanhar, estudar e continuar seguindo minha vida, pois tenho muito ainda para fazer.

 

Fiquei meio afastado desse meu Diário, mas continuo pensando e articulando todos os meus passos. Assim que minha correria passar estarei de volta.

 

Não me preocupo muito em estar afastado, pois o motivo é justo. Falta um trabalho para minha formatura (Obaaaa), tenho que “decorar” um cardápio, e ainda seguir forte nos estudos. Mas tudo está encaminhado.

 

Fico por aqui, deixando um grande beijo para minhas seguidoras mais queridas, Leilinha, Lídia e Thallyta. Também deixo um abraço à todos.

 

VAMOS BUSCAR O HEXA BRASIL ……

quarta-feira, 26 de maio de 2010

A vida ensina…

Mais um dia que me sinto muito bem. As coisas boas não param de acontecer em minha vida. E isso tem me deixado com toda a certeza FELIZ. Momentos especiais, pessoas especiais e principalmente pensamentos especiais. É muita coisa especial acontecendo ao mesmo tempo. Cheguei a uma conclusão, nossa felicidade depende do quanto queremos realmente sermos felizes, do quanto desejamos o bem para nós mesmos e para todos os que nos rodeiam. Bons pensamentos atraem pensamentos semelhantes e isso explica meu momento.

 

Nada melhor para se focar em pensamentos novos e mais alegres do que modificar ações que se fazia de forma corriqueira. Em umas conversas com o Lucas, primo, irmão e muito mais que amigo, conheci algumas bandas novas, e muito boas diga-se de passagem. Com ele também iniciei um projeto musical para esse ano, vamos ver o que teremos no fim de 2010.

 

A aventura também faz parte desse momento. Domingo, junto com alguns amigos, comecei minhas trilhas pelo cerrado, digo comecei pois agora não são mais a pé, agora são de bicicleta, fato que deixa a aventura muito mais emocionante... Ainda estou pegando a prática e por isso passei uns apuros devido a falta de preparo físico e habilidade com o pedal, mas valeu a pena e estou esperando a próximo, ainda mais porque provavelmente teremos rapel também.

 

Finalmente estou finalizando meu curso superior, ufa!!! Depois de um atraso de um ano, já estou esperando o momento da assinatura da ata de formatura para recebimento do certificado e fazer a colação de grau. Uma festa particular pois sempre quis fazer o curso de Relações Internacionais, e sinceramente adorei o curso, tem tudo que eu esperava. Agora já começo a pensar sobre o meu futuro acadêmico, não sei se encaro um mestrado, pois na minha área de pesquisa teria que ir para a UFRJ no Rio de Janeiro ou para a Unicamp em Campinas-SP, ou se encaro uma segunda graduação, nesse caso faria aqui mesmo e até já tenho a opção do curso de Direito, pois aproveito algumas matérias. Vamos ver o que acontece...

 

Várias pessoas também fazem parte desse momento. Estou muito feliz com a chegada do casamento do Michel e da Lídia. Eles estão ficando malucos com tantas coisas para fazer, mas está tudo correndo bem. Novos amigos que entraram em minha vida também me dão força e estímulo para seguir, cada um de sua maneira. A Leilinha lá de Salvador-BA não perde uma postagem do blog, A Thallyta aqui, literalmente do meu lado, diz que gosta do que escrevo, mas não gosta do que escreve, mas disse que já cogita voltar a publicar em seu blog. Estou aguardando ansioso, certo Taty... Beijos a abraços para todos vocês.

 

As dificuldades da vida servem para nos tornarmos melhores. Aproveitemos.

 

“Deus deve amar os homens medíocres. Fez vários deles.”

Abraham Lincoln

domingo, 16 de maio de 2010

Primeiro eu…

abrindo_porta

 

Mais uma semana iniciando, não que eu tenha todos os motivos do mundo para estar pulando de alegria, mas só de não ter os motivos para entristecer já faz com que me alegre. O fato é que eu descobri a razão de toda a minha angústia de um passado não muito distante. Minha preocupação com problemas que não são meus me colocavam em um estado de desconforto mental que desestabilizava minha concentração, e quanto mais eu os tentava resolver mais me afundava.

 

Viver nossa vida já é complicado, imagine querer viver a dos outros? Evitar que os outros passem por situações chatas ou até mesmo dolorosas não os faz progredir e me fazia ficar deprimido por não conseguir ajuda-los. Não quero mais saber disso. Minha vida vivo eu, se acerto ou se erro é problema meu, e não querendo ser grosso, “você para mim é problema seu”.

 

Fechado de maneira singular, remeto-me aos meus pensamentos. Busco inspiração em mim para realizar meus objetivos. Saindo de um círculo vicioso que me mantinha preso a pensamentos negativos, consigo ver mais claramente o que realmente quero, e focar nisso para obter.

 

Não falo de mudanças radicais, mas não falo também de desistências, falo de “Viver e não ter a vergonha de ser feliz”. Fazer por que eu quero, não por ser bom para fulano, ciclano, para você ou para todos eles.

 

Esta postagem é minha, e para mim. Abro minhas portas e contemplo o futuro que me aguarda. Mas não esqueço de agradecer a todos vocês que tiveram participação nesse meu momento. Todos que passam por nossas vidas deixam suas marcas, boas ou más. Aos que deixaram boas marcas, agradeço pelo apoio e pela ajuda. Aos que produziram marcas más, também agradeço pois foram essas marcas que me fortaleceram e me fizeram ver que o mais importante para mim, é estar bem comigo mesmo.

 

Se você ainda possui espaço na minha vida, parabéns você fez por merecer. Mas é bom que você saiba, primeiro eu.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Parabéns Ray.

Começo a postagem pedindo desculpas pela demora em colocar as fotos do aniversário da nossa querida Rayane. Estava meio atarefado e não consegui, mas agora estou colocando no blog para a alegria de todos.

 

Desejando muitas felicidades para essa nossa querida amiga, e também para todos os nossos não menos, queridos amigos.

 

sábado, 1 de maio de 2010

A última batida.

Então bateu pela última vez. Após esse momento, uma enorme rocha se fez em seu lugar. E o Sol não mais brilhou. Quantas noites de sombra passarão até que tudo volte ao normal?

Quem viver verá.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Depois do Nando, o WM virou ANDROID.

Parece piada, mas existem momentos em nossas vidas em que tudo o que precisamos é de um incentivo, de coisas boas que nos estimulem a seguir em frente e superar os desafios. Mas nem sempre tudo ocorre da forma que planejamos. Para ser sincero, quase nunca as coisas saem como queremos. Acredito que tudo no Universo segue uma lógica natural, lógica essa que somente o próprio universo conhece. Mas é certo, acontece.

 

Terça-feira, nossa Capital Federal completou 50 anos (parabéns Brasília), mesmo diante de inúmeros escândalos, o Governo do DF promoveu a festa de comemoração desse momento tão especial para toda a população e para todos os brasileiros que acreditaram no sonho de JK e hoje podem se maravilhar com essa beleza da arquitetura moderna (com seus problemas, é claro).

 

Escândalos, meias e propinas à parte, fui convidado por minha não menos especial e querida cunhada (Lí, te amo), para assistir o show do Nando Reis. Como o Michel estaria viajando nesse dia, fui acompanha-la. O show foi bom, mesmo com muita gente (não sou muito fã de bagunça), exceto pelo final.

 

Perdi meu querido celular... snif. O fato interessante é que eu vinha passando por um momento muito ruim, e foi só eu perder meu aparelho (um Sony Ericsson XPERIA X1, procurem saber qual é e tirem suas conclusões) para que minha vida mudasse. Não sei por qual razão, nem sei se existe alguma ligação entre os fatos, mas o certo é que estou muito melhor, algo como não me sentia a muito tempo.

 

android 

Mas a questão é que estou agora com um aparelho novo, um Motorola com sistema android. Gosto muito de tecnologia, e já havia visto muito sobre os androids. Agora com um nas mãos confirmo, o sistema é excelente. O sincronismo total com o Google, permite estar online o tempo todo com todos os contatos do Gmail, Orkut e Twitter. Com o Android Market, milhões de downloads grátis, pode-se customizar todo o aparelho... Adeus WM (Windows Mobile)

 

Agora com todas as ferramentas, amigos, quem não conseguir me encontrar com GTalk, MSN, Twitter, Gmail, Orkut, SMS e o próprio celular, desistam...

 

PS: Meu número está provisório até amanhã às 08:00hs, depois disso volta o número de tele pizza. hehehe.

 

O que? você ainda não tem? pode pedir aqui!!! rsrsrsrs.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Dando tempo ao tempo…

Tempo

 

Hoje é dia de se recolher, mas não recolher-se da família, amigos amores… É um momento de buscar dentro de mim algo que não sabia que existia, se é que realmente existe. Hoje busco olhar para os meus erros, tendo a consciência que também tenho o direito de errar, mas sem me condenar por isso, e sem ter medo de corrigir.

 

Dar tempo ao tempo é permitir que mantenhamos a mente sempre aberta para escrever nossa história. É ter serenidade para não cometer erros antigos, mas tendo o entendimento de que novos poderão surgir. Dar tempo ao tempo é contemplar o céu, a natureza e respirar o ar puro sentindo-se também parte de toda essa maravilha.

 

Dar tempo...

...Para a história começar;

...Para a flor brotar;

...Para a ferida se fechar e

...Para o amor despertar.

 

Dizem que existem coisas que só o tempo é capaz de curar, coisas que somente ele pode modificar, então recolho-me aos meus pensamentos deixando o tão bondoso tempo agir por mim, quem sabe eu não encontre um pote de ouro ao fim do arco-íris?

 

16 de abril de 2010, dando tempo ao tempo...

quarta-feira, 14 de abril de 2010

O que penso, falo. O que quero, faço.

PorDoSol

 

O dia passa que praticamente não o percebo. Não sou tão fã assim do Sol, ou quem sabe ele não seja tão fã meu. Mas de qualquer forma espero sempre pelo pôr do Sol. O momento é sempre agradável, por sua beleza mas também pela chegada da noite. Ahh a noite, que tanto inspira os apaixonados, também nos trás à reflexão.

 

Por que a vida sempre tenta complicar tudo? não seria melhor que em algumas situações ela fizesse o mais fácil? Por que alguns possuem tanto e outros tão pouco? Por que os “bonzinhos” sempre se dão mal? Será que todos merecemos ser feliz ou isso é coisa pertencente a alguns poucos privilegiados?

 

São coisas que simplesmente existem, e se é realmente isso que ocorre, devemos então, acreditar que não possuímos capacidade intelectual para compreender? “Existem mais coisas entre o céu e a terra do que sonha nossa vã filosofia.” já dizia Shakespeare.

 

Não sei onde pretendo chegar, à princípio nem sei se pretendo chegar a lugar algum. Penso, por essa razão não quero simplesmente existir. Procuro deixar minha marca. Não quero ser amado por milhões, mas procuro corresponder aos que me amam.

 

Quero viver, arriscar, tentar, cair e levantar. Quero esquecer o medo, mesmo que ele não me esqueça. Se eu digo que gosto, acredite, não é para te impressionar. E se a felicidade é para poucos, estou buscando meu lugar nessa lista.

 

“Se você quiser me acompanhar, abra as asas e vamos voar”

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Já que é para rir…

Domingão, curtição, mas sem cervejão, pois não bebo.

 

Mas não quer dizer que por essa razão eu não me divirta. Muito pelo contrario.

 

Hoje foi dia de teatro, dia de acompanhar as notícias de uma maneira um pouco diferente, acompanhar as “Notícias Populares”. Isso mesmo, domingo, 20 horas, Sala Villa Lobos com “Os Melhores do Mundo”, mas se eles não são também não faz a menor diferença...

 

Os caras fazem todo mundo morrer de rir. Mesmo já conhecendo todos as cenas do espetáculo, parecia tudo novidade. As piadas com a situação política de Brasília eram de tirar o fôlego. Roriz de novo não!!!! exclamou Joseph Climber ao ficar surdo. Ninguém quer morrer antes de Niemayer. A obra mais “bisonha” do mundo não é mais o Pentágono, agora entraram na disputa o Museu da República e o Monumento Solaris, na saída pata o Valparaíso, mas quer obra mais difícil de se reconhecer em que se inspirou o artista do que aquela?

 

Em maio eles estarão de volta, não sabemos ainda com qual espetáculo, mas de uma coisa eu sei, eu estarei lá.

 

Agradeço à Lídia e ao Michel pelo convite,  foi maravilhoso. Só faltou uma pessoa que não pode estar conosco (você sabe, é você mesmo), mas que gostará de estar presente em maio.

 

Uma ótima semana para todos...

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Homenagem às novas escritoras.


Como surgem as estrelas? As dos céus os cientistas procuram respostas, mas fala-se em explosões no espaço. E as da Terra, como surgem?

Essa semana surgiu algo muito maior que uma estrela, um universo, o “Universo Ruivo”, pertencente a uma voraz e implacável devoradora de livros. Pobres criaturas que não possuem menor chance nas impiedosas mãos e nos habilidosos olhos deste ser, que com o mesmo encantamento da criança ao receber inestimável presente, satisfaz sua vontade, mesmo que passageira, até encontrar o próximo livro.

Mas se engana quem acredita que se trata de uma cruel criatura retirada dos contos. Trata-se de um ser doce e apaixonante, cujo contato se torna viciante de tanto carinho que proporciona. Essa é Lídia, uma leoa para quem vê e uma gatinha para quem a ama, pois se torna impossível não amá-la. Seu Universo foi aberto para todos nós reles admiradores, que agora poderemos saborear tudo o que essa brilhante mente, nesses vários anos na arte de “devorar conhecimento” tem a nos mostrar.


A outra homenageada já possui alguns de seus pensamentos e sentimentos transformados em palavras, frases e muita emoção, nas teias dessa enorme rede virtual. Intitulado “Delírios” suas poesias nos fazem sonhar com suas palavras e pensamentos, e com isso buscamos entender o que se passa dentro da cabeça dessa menina meiga e de carinho acolhedor. Mas não se estranhe se mesmo seguindo-a não a entender, ela não está aqui para ser entendida, pois nós pessoas comuns, ainda não possuímos a capacidade de entender nem compreender esses admiráveis talentos, ficando apenas com a admiração e com o encanto de suas palavras.

Essas são Lídia e Thallyta, meninas, garotas, mulheres, que saem do comum, pois não são apenas bonitas, fazem parte de um seleto grupo que pode ser chamado de “mulheres com conteúdo” que sabem cuidar do visual sem esquecer-se do intelecto. Essa mensagem é especial para vocês duas, como incentivo a seguirem encantando com seu jeito, seu mundo suas palavras...

O Diário, nada diário, mas cada vez mais freqüente, parabeniza essas duas novas escritoras, expressando os votos de sucesso.

Quem sabe no lançamento do primeiro livro, eu não ganho uma dedicatória especial...

Continue, o mundo aguarda por vocês.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

E a festa continua....

Bom dia galera!!!

 

Seguindo a temporada de "Festas no Baú" hoje tivemos a comemoração do aniversário do nosso querido companheiro (e meu irmão, hehehe) Michel.

 

A cada comemoração, podemos perceber que a aceitação é maior, mais pessoas se familiarizam com nosso objetivo de fazer de uma simples ida ao serviço uma fantástica aventura, regada de muito companheirismo, alegria e comidas também.

 

Na festa de hoje, alguns de nossos companheiros não puderam estar presentes, não citarei aqui os nomes pois corro o risco de cometer uma injustiça esquecendo algum, pois todos igualmente importantes, tanto os que participam desde o primeiro evento como os mais recentes...

 

Deixo-vos com as fotos que representam a alegria desse momento...

 

Abraços, Rafael Costa.

 

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Palavras soltas, com sentido... (ou não)

Por que eu gosto de você?
Já parou para pensar?
Por seus olhos ou seu sorriso;
Ou algo mais que eu possa relacionar?


Sei que é surpreendente; 
Mas não sai de minha mente;
Se não pedi para gostar de você;
Porque então agora não iria querer?


Não sei explicar o que estou sentindo;
Calor, frio, medo ou só alegria?
E em instantes fez tempestade em minha vida;
Você sabe que para você, pois mudou o meu dia. 


Por que? 
Não precisa saber.
O que realmente importa é que...
Essa mensagem é para você.

sexta-feira, 12 de março de 2010

Hoje é festa lá no… ônibus!!! kkkkk

A galera sempre unida do ônibus que faz o caminho Residencial Santos Dumont para a Rodoviária do Plano Piloto, promoveu a nossa primeira festinha do ano, ohhh estávamos sentindo falta, e para abrir com chave de ouro nada melhor que comemorar o aniversário do nosso grande amigo, parceiro de todas as horas e "Poderoso Chefão" do Baú, Júnior.

 

A festa foi completa, com direito a bolo, salgados, docinhos, refrigerantes e até balão. Essas primeiras fotos são da organização e da chegada da galera. Nosso grupo é tão consolidado que, começando em uma ida normal ao trabalho, já realizamos três churrascos (esses não foram realizados dentro do ônibus, foram em uma chacara, hehehe), diversas festas de aniversário e até um casamento.... Ehhhhh nossos amigos se conheceram no ônibus e acabaram se casando no mês passado...

 

Mas agora fiquemos com as fotos!!!!

 

 

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Semana mais que especial...

Essa postagem é bastante especial pois ela é feita em uma semana também muito especial.

Primeiramente, na terça feira dia 19/01 foi meu aniversário (quer data mais especial que o nosso aniversário?). Não teve festa, quer dizer, não estava programado nenhuma festa, mas como amigo é amigo e é igual Rexona (Não te abandona), a casa ficou cheia. O culto acabou com jantar (strogonoff da mamãe) e bolo. É lógico que agradeço a todos que foram à minha casa, também agradeço pelas ligações, scraps, torpedos, twittes e todas as demais formas de parabéns que recebi das pessoas que conheço, e que gostam de mim. Mas o "feliz aniversário" mais especial recebi de uma pessoa que não conheço, nunca tinha visto na vida e provavelmente nunca verei novamente. São nesses momentos que sentimos mais forte a presença de Deus em nossas vidas. O fato foi o seguinte:


Estava eu, voltando do mercado com minha mãe. Enquanto eu carregada as sacolas com três pacotes de frango, refrigerantes, batata, creme de leite e dentre outras coisa um saco de pão, minha mãe vinha com a minha deliciosa torta nas mãos. Ao chegar na entrada da minha rua, vem em minha direção dois garotos, provavelmente moradores de rua, um aparentava uns 11 anos e o outro mais novo uns 6 anos. O mais velho se aproximou de mim e perguntou se eu tinha umas moedas para dar para ela. Não gosto de dar dinheiro para pedintes nas ruas, pois nunca sabemos realmente qual será a finalidade, então respondi, "Sinto muito, não tenho, paguei com o cartão". Enquanto o mais velho se afastava, o mais novo se aproximou e perguntou, "então o senhor teria um pão para eu comer?". Quando é comida, o papo é outro. Mesmo fazendo um contorcionismo maluco para não derrubar as coisas, abri o saco de pães e dei um para o pequeno e chamei o mais velho para dar-lhe um também. Acreditando que o evento já havia acabado me vem a maior surpresa. Antes de se afastar, o menino mais novo olha para a torta e me pergunta: "é seu aniversário?", respondi que sim. Então antes de sair correndo em direção ao outro ele diz: "Feliz aniversário para você!".

Naquele momento paralisado pensei que diante de todos os problemas que venho passando, mas que com a confiança em Deus estou superando, eu podia naquele momento estar organizando uma comemoração de aniversário. E ele?

Aquele garotinho me fez sentir algo sem explicação, mas que meu coração teve a certeza de que era o meu melhor presente. Eu também tive essa certeza.

Após esse momento, fui para casa, sem ao menos ver que direção tomaram, e  aproveitei minha noite na companhia de pessoas queridas. No dia seguinte, 20/01, 08:10hs da manhã, estava eu no Hemocentro de Brasília para fazer minha doação de sangue. Sou doador desde 2006, mas em  2009 fiz apenas uma doação. No meu aniversário, meu coração me mostrou que eu poderia fazer mais.

E com isso minha semana continua especial.

Feliz aniversário para mim e felicidades para todas as pessoas incluindo esse pequeno garoto que me presenteou de maneira tão especial no meu aniversário.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Pilhas novas para 2010.

O ano acabou de começar, por isso é preciso ter energia para enfrentar todas as dificuldades que serão apresentadas nesse maravilhoso ano de 2010, que promete ser maravilhoso. Por essa razão que neste fim de semana tirei para aproveitar a natureza e relaxar.

 

Sábado estava na roça, (fazenda de uma amiga de minha mãe) ambiente calmo onde se podia ouvir os pássaros e o barulho da água.

 

 

Já no domingo as energias das águas estavam no mínimo, muito fortes. Cachoeira do Tororó.

 

 

Assim o ano começa com energia nova…

 

Boas energias para todos neste maravilhoso 2010.

Receba nossas atualizações por Email

Total de visualizações de página