Demo Site

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Semana mais que especial...

Essa postagem é bastante especial pois ela é feita em uma semana também muito especial.

Primeiramente, na terça feira dia 19/01 foi meu aniversário (quer data mais especial que o nosso aniversário?). Não teve festa, quer dizer, não estava programado nenhuma festa, mas como amigo é amigo e é igual Rexona (Não te abandona), a casa ficou cheia. O culto acabou com jantar (strogonoff da mamãe) e bolo. É lógico que agradeço a todos que foram à minha casa, também agradeço pelas ligações, scraps, torpedos, twittes e todas as demais formas de parabéns que recebi das pessoas que conheço, e que gostam de mim. Mas o "feliz aniversário" mais especial recebi de uma pessoa que não conheço, nunca tinha visto na vida e provavelmente nunca verei novamente. São nesses momentos que sentimos mais forte a presença de Deus em nossas vidas. O fato foi o seguinte:


Estava eu, voltando do mercado com minha mãe. Enquanto eu carregada as sacolas com três pacotes de frango, refrigerantes, batata, creme de leite e dentre outras coisa um saco de pão, minha mãe vinha com a minha deliciosa torta nas mãos. Ao chegar na entrada da minha rua, vem em minha direção dois garotos, provavelmente moradores de rua, um aparentava uns 11 anos e o outro mais novo uns 6 anos. O mais velho se aproximou de mim e perguntou se eu tinha umas moedas para dar para ela. Não gosto de dar dinheiro para pedintes nas ruas, pois nunca sabemos realmente qual será a finalidade, então respondi, "Sinto muito, não tenho, paguei com o cartão". Enquanto o mais velho se afastava, o mais novo se aproximou e perguntou, "então o senhor teria um pão para eu comer?". Quando é comida, o papo é outro. Mesmo fazendo um contorcionismo maluco para não derrubar as coisas, abri o saco de pães e dei um para o pequeno e chamei o mais velho para dar-lhe um também. Acreditando que o evento já havia acabado me vem a maior surpresa. Antes de se afastar, o menino mais novo olha para a torta e me pergunta: "é seu aniversário?", respondi que sim. Então antes de sair correndo em direção ao outro ele diz: "Feliz aniversário para você!".

Naquele momento paralisado pensei que diante de todos os problemas que venho passando, mas que com a confiança em Deus estou superando, eu podia naquele momento estar organizando uma comemoração de aniversário. E ele?

Aquele garotinho me fez sentir algo sem explicação, mas que meu coração teve a certeza de que era o meu melhor presente. Eu também tive essa certeza.

Após esse momento, fui para casa, sem ao menos ver que direção tomaram, e  aproveitei minha noite na companhia de pessoas queridas. No dia seguinte, 20/01, 08:10hs da manhã, estava eu no Hemocentro de Brasília para fazer minha doação de sangue. Sou doador desde 2006, mas em  2009 fiz apenas uma doação. No meu aniversário, meu coração me mostrou que eu poderia fazer mais.

E com isso minha semana continua especial.

Feliz aniversário para mim e felicidades para todas as pessoas incluindo esse pequeno garoto que me presenteou de maneira tão especial no meu aniversário.

Um comentário:

leilaalmada disse...

Rafinhaaaaaaa..
Parabéns de novo..
Muitos anos de vida e saúde..
Te adoro pordemais!!

Bjs Rafa

Postar um comentário

Receba nossas atualizações por Email

Total de visualizações de página