Demo Site

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Situação preocupante em Brasília.

Quem é morador do Distrito Federal e assistiu o programa "Profissão Repórter" da TV Globo, exibido na última terça-feira, 28 de Julho de 2009, ficou no mínimo preocupado. A violência na Capital Federal está tomando proporções exageradas.

Mas, a questão da violência no Distrito Federal está diretamente ligada ao crescimento desordenado que ocorreu na década de 1990. Com um objetivo muito mais eleitoreiro populista do que político, propriamente dito, o Governo do Distrito Federal (GDF) criou inúmeros loteamentos (invasões) próximo às cidades satélites já existentes. Podemos citar como exemplo o caso do Riacho Fundo. A cidade foi criada dentro de um programa de governo de assentamento de invasões de terras públicas. Os moradores do ex Acampamento da Telebrasília que ficava próximo ao Paranoá foram assentados na Granja Riacho Fundo, formando a primeira quadra da cidade marcando a data de aniversário da cidade no dia 13 de Janeiro de 1993. Situação mais recente e também mais preocupante é o caso do Itapuã. Sem controle por parte do GDF, a invasão cresceu, e aumentaram os índices de violência e pobreza na região. Para reverter este quadro e legalmente poder atender à população, em 03 de Janeiro de 2005, o GDF criou a RA XXVIII de Itapoã. Mas a transformação do Itapuã em Região Administrativa não foi suficiente para melhorar a situação, pois o Itapoã ainda está em situação irregular, o que impede a vinda de alguns benefícios. Sem ter a menor infraestrutura, é evidente que os índices de violência fiquem altos.

O que mais chama a atenção é o fato de que a violência nesses locais, é promovida por jovens, e muitos deles possuem menos de 18 anos. A reportagem mostrou as guerras entre gangues da Ceilândia e também de São Sebastião, que apesar de serem antigas possuem altos índices de violência.

O diretor da Polícia Civil, Cléber Monteiro, esteve hoje, 29 de Julho no DFTV, também da TV Globo, e informou um fato que muitos cidadãos preferem não acreditar. A policia faz sua parte, prende as pessoas envolvidas em todos os crimes e delitos, mas esses pelo fato não possuírem maioridade penal, ficam seus dois ou três anos no CAJE, e depois estão nas ruas para cometerem novamente os mesmos crimes, ou ainda piores. A culpa é da polícia?

Não. Mas na atual conjuntura da nossa sociedade, ou a culpa é da polícia ou dos professores. Mas onde estão nossos legisladores? o que estão fazendo que nada vêem? será pelo fato das gangues estarem longe das casas do Lago

Criticar a polícia acaba sendo a solução mais fácil, mas não a mais correta. Precisamos nos concientizar de nossa responsabilidade na sociedade, pois somos nós que a fazemos melhor, ou pior.

O nosso futuro nos fazemos hoje.

By Rafael Costa

terça-feira, 28 de julho de 2009

Começando...


Início de recesso, ainda sem muitas coisas para fazer além de estudar.

Criar o blog já vinha passando por minha cabeça faz algum tempo, mas sempre hesitei. Mas agora acredito que possa ser importante.

O diário não será diário, pois a princípio não sei ao certo o que trabalharei neste blog. Talvez um pouco de política, segurança, inteligência ou outras coisas relevantes que surgirem.

Então, por hoje é só.

By Rafael Costa

Receba nossas atualizações por Email

Total de visualizações de página